Você está aqui
Home > Empresas & Negócios > Taurus lança pedra fundamental do novo complexo industrial

Taurus lança pedra fundamental do novo complexo industrial

 

Evento contou com a presença do governador Eduardo Leite e do CEO da Taurus, Salésio Nuhs

 

O final da tarde da quinta-feira, 17 de dezembro, marcou o início das obras de ampliação do complexo industrial da Taurus em São Leopoldo. O investimento de mais de R$110 milhões no novo complexo de operações industriais vai aproximar os fornecedores, gerar mais de 800 empregos diretos e tornar a empresa a maior fabricante de armas leves do mundo.

 

O governador Eduardo Leite e o CEO da Taurus, Salésio Nuhs, receberam do prefeito de São Leopoldo, Aru Vanazzy, a licença de construção do novo empreendimento. O evento foi restrito, seguindo os protocolos de distanciamento social e contou com demais representantes do governo gaúcho e no município.

 

O diretor global da Taurus, Salésio Nuhs, destacou a importância do momento da empresa. “Iniciamos hoje um novo ciclo. Passamos por um processo de reestruturação de três anos, que hoje nos permite fazer esse agressivo investimento acelerado, dentro do plano de investimento de nos tornarmos o maior fabricante de armas do mundo”. A Taurus foi 46ª empresa em receita corrente líquida do estado em 2019 e a quarta marca mais comprada nos Estados Unidos. Outra fase de investimento, de R$ 400 milhões, também está em análise, afirmou Nuhs.

 

O governador Eduardo Leite parabenizou a cidade pela conquista e disse que a presença global da Taurus é um exemplo da tecnologia gerado no Estado. Apontou que houve avanços na área dos licenciamentos, mas ainda há uma grande crise financeira do Estado.

 

Projeto – O projeto de expansão do complexo industrial da Taurus em São Leopoldo tem sua primeira etapa prevista para começar ainda nesse mês de dezembro, com a construção de 12.000 m² de área que abrigará um moderno complexo industrial, com o objetivo de aproximar fornecedores estratégicos, otimizando os processos e reduzindo custos de produção e logísticos. A expansão permitirá a Taurus ampliar sua capacidade produtiva de atuais 6 mil armas/dia para 9 mil armas/dia, além de tornar-se um hub de distribuição de componentes estratégicos para suas unidades de manufatura nos EUA e futura unidade na Índia.

 

A fase de construção do novo complexo industrial gerará cerca de 300 empregos e, quando pronto, irá empregar mais de 800 pessoas diretamente e 250 indiretamente.

Top