Uso de cookies

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência. Saiba mais em nossa política de de privacidade.

Mudança da bandeira da região de abrangência de São Leopoldo de vermelha para preta

A divulgação do novo mapa preliminar do distanciamento controlado, no final da tarde desta sexta-feira, coloca diversas regiões do Estado em alerta máximo.

 

E as regiões de Novo Hamburgo, Canoas, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Erechim, Lajeado, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Porto Alegre, Santa Cruz do Sul e Taquara foram colocadas em bandeira preta.

 

As associações regionais têm prazo para apresentação de recurso com pedido de reconsideração ao mapa preliminar, que serão analisados pelo Gabinete de Crise, com mapa definitivo divulgado na próxima segunda-feira, mas, se a classificação prévia for mantida, as regiões em bandeira preta que aderiram ao sistema de cogestão regional, como no caso de Novo Hamburgo, podem adotar os protocolos próprios compatíveis até o nível de restrição da bandeira vermelha. Entretanto, importante ficar alerta, pois o Governo do Estado estuda interromper o sistema de cogestão para frear o agravamento da pandemia.

Outras notícias

Castástrofe Climática: ACIST-SL cancela eventos de maio

  Devido aos graves efeitos da catástrofe climática que assola São Leopoldo, a ACIST-SL cancelou todos os eventos programados para maio. “Nossos esforços estão concentrados em apoiar os atingidos pela enchente. Criamos uma força-tarefa com nossos associados para receber e