Uso de cookies

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência. Saiba mais em nossa política de de privacidade.

Governança do Tecnosinos avalia participação no South Summit

Maior feira de inovação do mundo contou com a presença de representantes do Parque, da Unisinos, da ACIST-SL e da prefeitura de São Leopoldo

Realizado dia 04 a 06 de maio, o South Summit Brasil, um dos maiores eventos internacionais de inovação e tecnologia, parou Porto Alegre. Durante três dias, a Capital reuniu mais de 20 mil visitantes únicos e pessoas de mais de 50 países, que circularam pelos pavilhões às margens do Guaíba em busca de oportunidades de negócios. O Parque Tecnológico São Leopoldo – Tecnosinos esteve presente no espaço Innovation, ao lado de outros parques tecnológicos, apresentando as empresas consolidadas, startups e as iniciativas de fomento à inovação e empreendedorismo. O estande também reuniu as instituições representantes da Governança do Tecnosinos, que é compartilhada entre a Unisinos, a Prefeitura de São Leopoldo, a Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Tecnologia de São Leopoldo – ACIST-SL e a Associação das Empresas do Polo de Informática de São Leopoldo.

Maiara Fangueiro e Daniel Klafke representaram a ACIST-SL

Para o diretor da Unitec e gestor executivo do Tecnosinos, Silvio Bitencourt da Silva, a participação do Tecnosinos no South Summit foi importante para reforçar a experiência do parque tecnológico e criar conexões para parcerias e negócios. “A presença no stand, oportunizado pela SICT, possibilitou a interação com diversos públicos de interesse, reforçando seu papel no desenvolvimento regional. A participação em painéis oportunizou momentos de reflexão e aprendizado mútuo. Novas conexões foram criadas a partir da articulação REGINP com outros ambientes promotores de inovação. Além disso, a conexão com grandes empresas e startups e entre elas pelo Parque abre novas oportunidades de negócios que tem sua origem no evento”.

Para o vice-presidente de Tecnologia da Acist-SL, Daniel Klafke, o South Summit notabilizou-se pela qualidade dos contatos realizados. Ele apontou que conversou com representantes tanto de empresas de vários estados, bem como de dirigentes públicos de outros municípios, que desejam conhecer o potencial de São Leopoldo nas áreas da tecnologia e da inovação.  “Atingimos nosso propósito, que foi divulgar o hub tecnológico”. Klafke reitera ainda a integração da Governança do Tecnosinos, que viabilizou a participação local em um dos mais destacados eventos de inovação do mundo, fortalecendo ainda mais a cidade. A ACIST-SL esteve representada também por Maiara Fangueiro, gerente executiva da Entidade.

São Leopoldo e Granpal

O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, destacou o trabalho realizado através das experiências na cidade na área de inovação e tecnologia, além da importância do Tecnosinos, considerado o maior e melhor parque tecnológico da América do Sul. Vanazzi participou de um painel promovido pela Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal), que foi coordenado pelo prefeito da capital, Sebastião Melo, com a participação do prefeito de Gravataí, Luiz Zafallon e do diretor executivo da Granpal, Marcello Vernet de Beltrand.

Para Vanazzi, o South Summit permitiu uma conexão nunca vista entre empreendedores, investidores e startups, de caráter internacional, onde São Leopoldo pode estar presente e representada. “Nós nos integramos em um projeto robusto de desenvolvimento, inovação e tecnologia e temos como pilar a formação de mão-de-obra qualificada que produza em nossa cidade”, disse o prefeito. “Em parceria com o Tecnosinos e o Senac, implantamos o Programa 3 Mil Talentos de TI, para formação de jovens e adultos. É papel do município incentivar a formação e produzir o acesso a toda população. A tecnologia não pode estar ao alcance de uma pequena parte da população. Ela tem que chegar a todos e é parte do desenvolvimento”.

Outras notícias

Castástrofe Climática: ACIST-SL cancela eventos de maio

  Devido aos graves efeitos da catástrofe climática que assola São Leopoldo, a ACIST-SL cancelou todos os eventos programados para maio. “Nossos esforços estão concentrados em apoiar os atingidos pela enchente. Criamos uma força-tarefa com nossos associados para receber e