Uso de cookies

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência. Saiba mais em nossa política de de privacidade.

Espaço Castellan realiza novo Encontro da Arte com o Direito

Tema da roda de conversa e da exposição será sobre a Inteligência Artificial 

No dia 23 de novembro, a partir das 18h, o Espaço Cultural Castellan realiza o Encontro da Arte com o Direito, com o tema: Inteligência Artificial. A roda de conversa vai trazer o  artista Marcelo Prates, doutor em Inteligência Artificial pela UFRGS e a pós-doutora e professora de Direito da UFRGS, autora do livro “Direito e Arte”, pela Editora Marcial Pons, Lisiane Wingert Ody. O evento marca ainda a Abertura oficial da Exposição “Reconfigurações do Agora”, Coletiva de arte e tecnologia dos artistas Juli Finkler, Muriel Paraboni, Marcelo Prates e William Figueiredo.

Tabelionato Castellan está localizado no centro de São Leopoldo

 

Segundo a tabeliã Jenifer Castellan de Oliveira, titular do Castellan 2º Tabelionato de Notas de São Leopoldo, que abriga o Espaço Cultural, a inspiração para abordar esse tema veio da percepção dos impactos que a IA está trazendo para a vida humana e, consequentemente, para as artes.

 

 

“Queremos proporcionar a interação do público com obras criando uma dinâmica ativa e vivencial”, destaca. “Para isso, convidamos artistas que estudam e desenvolvem um pensamento crítico e apurado das técnicas X tecnologia”.

Jenifer Castellan de Oliveira

 

 

 

A produtora cultural, Viviane Possa, gestora da Genuinaobra, responsável pela curadoria da exposição, conta que os artistas convidados apresentam diferentes trabalhos que se utilizam da tecnologia em seus processos e/ou resultados. “São obras executadas com inteligência artificial, realidade aumentada, escaneamento 3D, animações, algoritmos e sensores, exibidas em mídias digitais e físicas”, revela. “Os visitantes terão a possibilidade de acesso à arte pelos seus próprios celulares, por meio de realidade aumentada ou, de  provocar uma reação numa obra generativa, pelo toque em objetos”.

 

Tabelionato dispõe de área para eventos e exposições

 

 

A visitação das obras é gratuita, assim como o evento de abertura, e vai até o dia 16 de fevereiro de 2024, de segunda a sexta, das 9h às 17h30min, na Rua Osvaldo Aranha, 503, sala 102, no Centro de São Leopoldo (RS). O apoio institucional é do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGAV), do Instituto de Artes da UFRGS e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). 

 

 

 

 

SOBRE OS ARTISTAS:

William Figueiredo (Novo Hamburgo, 1992) – Atualmente reside em Porto Alegre/RS. Artista visual, pesquisador e jornalista. Seus trabalhos artísticos têm como foco os desdobramentos transmidiáticos entre arte, tecnologia e o espaço urbano. Mestrando em Poéticas Visuais (PPGAV/UFRGS), Especialista em Artes Visuais (PPGArtes/UFPEL-UAB) e Bacharel em Comunicação Social – Jornalismo (ULBRA), com atuação em estudos das mídias sobre ambiência, memória e experiência – ProICT (2013-2015). Pesquisador no Grupo “Objeto e Multimídia” (OM-LAB/CNPq). Vencedor no I Congresso Internacional Sobre Artes Digitais (Universidad de Sevilla-Esp) na categoria ‘Obra de Arte’ (2022), pela obra “Revolución de las máquinas nº 00110100”, feita com inteligência artificial.

@figueiredowilli4m

 

Marcelo Prates (Porto Alegre, 1992) – Doutor em Computação (Inteligência Artificial) pela UFRGS, com publicações científicas nas áreas de ética da inteligência artificial e deep learning geométrico (graph neural networks). Atualmente atua como cientista de dados e engenheiro de machine learning no setor privado, com passagem pela divisão de machine learning da Samsung Research Brazil. Experimenta com arte generativa (arte produzida por meio de programação) como hobby desde 2015, majoritariamente nas linguagens Python e Processing. Seus principais interesses de pesquisa incluem a intersecção da arte com as ciências exatas, a natureza do processo artístico no contexto da arte generativa e a relação da arte generativa com diferentes tipos de mídia (impressão 2D, 3D e pen plotting; projeções, sketches interativos, etc.) Alguns tópicos de interesse são: simulações físicas e biológicas, “math art”, sistemas complexos, signed distance functions, cartografia, pen-plotters, fractais e arte (procedural) abstrata. É o criador da ferramenta open-source “prettymaps” (>10k stars no GitHub), voltada para a criação de mapas estilizados a partir de dados públicos do OpenStreetMap.

@marcelo.o.r.prates

 

Juli Finkler (Dois Irmãos, 1986) – Formada em Publicidade e Propaganda pela Unisinos. Mestranda em ciência de dados pela Nucleo Digital School – Barcelona/ESP. Sócia da agência 1quarto.cc, onde atua como diretora criativa e artista multimídia. Criativa se destaca no mercado digital pelo seu diferencial de criar experiências através de novas tecnologias, tech data e design sensorial. Participou do Reality Show Arte na Tecnologia do Canal Arte 1. Foi responsável pela direção de imagem do palco principal do Festival Planeta Atlântida, teve participação no SP Urban Festival Samsung Conecta, e executou a projeção mapeada da Vista S/A + Adidas Skateboarding, além de projetos para Unisinos 50 anos, Coca-cola e Perestroika. 

@julifinkler

 

Muriel Paraboni (Taquara, 1977) – Artista multimídia, tem formação em Comunicação (Unisinos) com especializações em Realização Cinematográfica (PUCRS), Direção Cinematográfica (EICTV-Cuba) e Teoria do Teatro Contemporâneo (UFRGS). Mestre em Arte e Tecnologia (UFSM). Foi professor no curso técnico em Produção de Áudio e Vídeo da Universidade Feevale. Sua produção envolve suportes como filme e vídeo, instalação, fotografia, pintura e objetos, que muitas vezes aparecem combinados em propostas ambientais e sensoriais. Expõe regularmente em mostras individuais e coletivas, em diversas partes do mundo desde 2010. Seus filmes e vídeos foram exibidos em festivais, museus e galerias de mais de 20 países, como Estados Unidos, Inglaterra, Itália, França, Alemanha, Portugal, México e Argentina, recebendo diversos prêmios.

 

Redação: Tatiana Roesler, jornalista

Outras notícias

Linha Submersa

HIGRA projeta crescimento de 50% e investe no mercado europeu

  A HIGRA, desenvolvedora de soluções em bombeamento, tratamento de efluentes e geração de energia limpa de São Leopoldo/RS, inicia sua trajetória rumo à Europa. Isto porque  se concretiza o contrato de licenciamento para produção e distribuição de bombas e

Curso para mestre de obras

SINDUSCOM Vales abre inscrições para mestre de Obras

  Estão abertas as inscrições para mais uma edição do curso Mestre de Obras, uma ação do Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de São Leopoldo e da Região dos Vales do Sinos, Caí e Encosta da Serra (SINDUSCOM