Uso de cookies

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência. Saiba mais em nossa política de de privacidade.

Empresas leopoldenses unem forças para assegurar oxigênio na UPA Zona Norte

 

Neste sábado, 13,  a Secretaria da Saúde (SEMSAD), da Prefeitura de São Leopoldo instalou na UPA Zona Norte, localizada no Bairro Scharlau, mais um tanque de 1,5 mil metros cúbicos de oxigênio. Este foi o segundo que a Unidade de Saúde recebeu – o primeiro, com capacidade de 1,1 mil litros foi instalado no dia 1º de março. Ambos foram resultado da doação das empresas Stihl, Klabin, Gedore e Taurus, que atenderam à iniciativa do empresário André Rotta, que articulou com a Air Liquid o fornecimento dos equipamentos. Rotta integra o Comitê de Atenção ao Coronavírus, formado por representantes do poder público e da iniciativa privada para encontrar soluções para o enfrentamento da pandemia. “Nosso receio é a falta de oxigênio à medida que avançam os casos de internação”, explicou Rotta ao portal slnegóciosecia.com.br.

A Upa Zona Norte foi modificada para receber apenas caso de Covid-19 e até este domingo (14) mantinha 33 pacientes internados. No Hospital Centenário, 20 pacientes estavam internados na UTI Covid, além de outros 48 pacientes em leitos clínicos. Na sexta-feira, 12 de março, a cidade registrou mais 179 casos e cinco óbitos decorrentes do novo coronavírus, totalizando 313 óbitos pela Covid-19. Conforme dados da Vigilância Epidemiológica, 450 moradores permanecem com o vírus ativo.  “Estamos nos antecipando aos problemas para garantir um bom atendimento a todos os leopoldendes”, reforçou o secretário da Saúde, Marcel Frison.

 

Atuação – A assessoria de imprensa da Stihl informou que a empresa atua fortemente no cuidado com as pessoas, em alinhamento à Cultura Corporativa global da marca, desde o início da pandemia, contribuindo com diversas ações para ajudar aqueles que mais precisam de apoio. Apenas em São Leopoldo, município sede da empresa, foram doados 10 computadores para a Fundação Hospital Centenário, para suporte à estrutura de novas áreas criadas para tratamento de pacientes infectados pela Covid-19. Além dos equipamentos, a organização destinou 5 mil máscaras N95 (PFF2) para os profissionais de saúde que trabalham na área hospitalar. Da mesma forma, também foram enviados cerca de mil testes rápidos de Covid-19 para a Prefeitura de São Leopoldo (RS) – que são um importante método para diagnósticos em massa da população, necessários para fornecer dados sobre a situação da pandemia e combatê-la.

 

 

 

Outras notícias

Linha Submersa

HIGRA projeta crescimento de 50% e investe no mercado europeu

  A HIGRA, desenvolvedora de soluções em bombeamento, tratamento de efluentes e geração de energia limpa de São Leopoldo/RS, inicia sua trajetória rumo à Europa. Isto porque  se concretiza o contrato de licenciamento para produção e distribuição de bombas e

Curso para mestre de obras

SINDUSCOM Vales abre inscrições para mestre de Obras

  Estão abertas as inscrições para mais uma edição do curso Mestre de Obras, uma ação do Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de São Leopoldo e da Região dos Vales do Sinos, Caí e Encosta da Serra (SINDUSCOM