Uso de cookies

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência. Saiba mais em nossa política de de privacidade.

Curso de mecatrônica será oferecido a jovens em São Leopoldo

Programa Senai LAB visa aproximar os jovens do setor da Indústria, que necessita de profissioanais qualificados

 

O setor industrial de São Leopoldo, especialmente a Metalurgia, iniciou dezembro com uma notícia que irá aliviar o peso de uma de suas grandes preocupações: a formação de mão de obra qualificada. Isto porque foi assinado no dia 04 de dezembro o Programa Senai LAB – Trilhas de Aprendizagem,  que será desenvolvido no Centro de Formação Profissional do Senai Lindolfo Collor, no bairro Vicentina.

 

Ministrado a partir de 2024 no turno inverso aos das aulas, o Programa Trilhas de Aprendizagem irá disponibilizar, gratuitamente, até 450 vagas de formação inicial em Mecatrônica, para estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental (alunos do 9º ano, com idade mínima de 13 anos)  e da etapa final da Educação de Jovens e Adultos (EJA), da Rede Municipal de Educação.

 

O Programa Senai LAB é resultado de um movimento que começou a ser debatido no Grupo Estratégico do SINDIMETAL – Atração de Pessoas, que por sua vez mobilizou a Câmara Temática da Indústria, somando esforços com o SENAI São Leopoldo e o poder público.

 

 O SENAI LAB será um espaço de experimentação de novas ideias e cocriação, fomentando a cultura maker (o aluno como protagonista do seu processo de aprendizagem). Seu propósito é compartilhar conhecimento e apoiar ferramentas tecnológicas, criando um ambiente onde é possível aprender com todos.

 

 O programa Trilhas de Aprendizagem visa despertar o interesse dos adolescentes para o mundo do trabalho na indústria, com foco de atuação nas áreas Metalmecânica e Automação, proporcionando Banco de Talentos, para os alunos ingressarem nos cursos de aprendizagem.

 

Trata-se de uma trilha de aprendizagem, pois a capacitação abrange 4 módulos que totalizam 192 horas. Na grade, estão aulas de Preparação para o Mundo do Trabalho, Mecânica Industrial, Sistemas de Controle de Automação e Tecnologias da Indústria 4.0. Tem como objetivo proporcionar educação profissional e tecnológica, gerando novos conhecimentos e perspectivas com orientação, inclusive, para o ingresso no mercado de trabalho.

 

O presidente do SINDIMETAL, Sergio Galera, evidenciou que a entidade vem atuando onde a indústria precisa melhorar. “Dentro do nosso cronograma de discussões, verificamos que o jovem está muito distante da indústria e que teríamos que fazer um movimento para atrair a juventude para a indústria. É onde são pagos os melhores salários e existem boas oportunidades de emprego”. Segundo Galera, a ideia do SENAI LAB veio para mostrar isso. “Existem ótimas oportunidades para os estudantes, e o SENAI, por meio destes cursos, no contraturno, irá contribuir com opções para um futuro, apontando, trilhas de aprendizagem”.

             

Para o diretor regional do SENAI, Carlos Artur Trein, é muito satisfatório para o SENAI todo esse movimento, onde participam várias frentes e lideranças, que se uniram em prol da formação profissional. “Os alunos irão se divertir ao participar desse programa, com uma proposta lúdica, que ajudará a descobrir sua vocação”. 

 

O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, destacou a união entre autoridades e a comunidade escolar para consolidar um passo importante em direção à realização de novas possibilidades na vida dos estudantes. “Vocês terão uma visão ampliada das incontáveis oportunidades no mundo do trabalho, que os levarão a conhecerem mais e melhor sobre a indústria”, falou Vanazzi para os alunos presentes na assinatura.

 

Prestigiaram também a solenidade: Sandro Lima Bernieri, gerente de Operações; Lucas Maurício de Azevedo, coordenador técnico; Gabriela Gomes Motta, coordenadora pedagógica; Roger Luis Ferreira, agente de Relações com o Mercado; e Katiéle Ávila Vargas, assistente técnica, do SENAI São Leopoldo; Sofia Copé Heller Michel, empresária e vice-presidente do SINDIMETAL; Valmir Pizzutti, diretor Executivo; Cláudio Garcez, assessor; Andrea Maganha, Relacionamento/Comunicação e Marketing; e Luíza Ferrari, Desenvolvimento Industrial, da equipe executiva do SINDIMETAL; professor Carlos Diehl, da Unisinos; Mário Rosito, secretário Adjunto da Sedettec; Renata Matos, da Smed; Milton Viário, da Confederação dos Metalúrgicos; Valmir Lodi, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos; Genilson Vargas, tesoureiro do Sindicato dos Trabalhadores; Ana Paula Gravi Crespin dos Santos, presidente do Conselho Escolar; Larissa Aristimunho Paulus, presidente do Grêmio Estudantil; entre outros.

Outras notícias

A 9ª Sinfonia integra-se à reconstrução de São Leopoldo

Obra-prima de Beethoven, que exalta a  fraternidade e a alegria, será apresentada no mês da Imigração para “abraçar” a cidade. Iniciativa vem sendo organizada desde dezembro de 2023 pela Presto Produções e Apresentações Artísticas, com o apoio da Lei Rouanet.

Festival Musicâmara reúne corais da região

Festival acontece entre os dias 8 e 11 de julho, na Igreja de Cristo (Igreja do Relógio) com entrada franca Valorizar a beleza do canto coral, que é um dos legados da Imigração Alemã para o Rio Grande do Sul.