Uso de cookies

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência. Saiba mais em nossa política de de privacidade.

Cidade Empreendedora, um novo mindset aos negócios locais de São Leopoldo

Programa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-RS) que será desenvolvido durante dois anos, conta com diversas ações e projetos que servirão como um novo mindset para os negócios locais

No primeiro semestre de 2021 foram abertas 2.760 empresas em São Leopoldo e extintas 1.010 no mesmo período. Embora os números apontem um saldo positivo de 1.750 CNPJ´s, também levantam questões como o despreparo para o ato de empreender. Muitas empresas têm muitas dificuldades na fase inicial dos seus projetos com um moon shot e relegando o aprendizado. Mas a partir de agora isso deve mudar com a adesão ao Cidade Empreendedora, programa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-RS) que será desenvolvido durante dois anos, contando com diversas ações e projetos que servirão como um novo mindset para os negócios locais. O Programa visa engajar gestores e servidores públicos na melhoria do ambiente de negócios e na implementação do empreendedorismo nas escolas.

De acordo com dados da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande (JucisRS), 92% dos empreendimentos de São Leopoldo fazem parte de micro e pequenas empresas. Público que é a audiência prevista para o Programa, ativo em outros 28 municípios do Rio Grande do Sul desde 2019, ano de criação da iniciativa. São Leopoldo é a 29ª cidade a aderir.

“Colocamos um grande esforço para fortalecer todos os eixos, desburocratizando os processos para micro e pequenas empresas e trabalhando suas competências socioemocionais para que tenham comportamentos protagonistas e empreendedores”, destacou o diretor superintendente do Sebrae, André Vanoni de Godoy, durante o lançamento do programa, realizado dia 12 de agosto.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico (Sedettec), Juliano Maciel, o Cidade Empreendedora irá proporcionar um maior ambiente de negócios e empreendedorismo em São Leopoldo. ”Através dos eixos propostos poderemos dar seguimento às melhorias e modernização dos nossos processos internos, possibilitando à comunidade e aos empreendedores um atendimento ainda melhor.” Também esteve presente o gerente regional do Sebrae, Marco Aurélio Copetti.

Sobre o Cidade Empreendedora

O Programa Cidade Empreendedora é uma iniciativa inédita no Rio Grande do Sul para engajar gestores e servidores públicos na melhoria do ambiente de negócios e na promoção das políticas públicas para o apoio e fortalecimento do empreendedorismo nos municípios gaúchos, respeitando suas realidades. O programa tem como objetivo a transformação local, visando impulsionar o desenvolvimento econômico como um todo, com a potencialização e institucionalização de alguns capítulos da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa.

Com um investimento de R$ 5 milhões, a iniciativa promove a implantação de políticas de desenvolvimento por meio de 10 eixos: os Priorizados, que são Liderança, Desburocratização, Compras Governamentais e Educação Empreendedora; e os Personalizados, que tratam dos temas, Plano de Desenvolvimento Econômico, Valorização das Empresas Locais, Fomento ao Crédito, Inovação, Turismo e Inspeção Municipal.

Em São Leopoldo, o Programa Cidade Empreendedora do Sebrae tratará de quatro eixos prioritários que englobam ações estratégicas para o desenvolvimento do município, a fim de gerar emprego, renda e oportunidades de negócio.

OS 4 EIXOS:

  1. Cursos, formações e consultorias direcionadas com o objetivo de desenvolver a liderança pública.
  2. Auxílio na abertura de empresas.
  3.  Compras governamentais dispõem de soluções para concessões simplificadas e favorecidas aos pequenos negócios nas licitações públicas.
  4.  Oficinas e formações, conhecimentos sobre empreendedorismo e inovação para professores e jovens.

Texto: Márcia Greiner, jornalista e produtora de conteúdo do Portal São Leopoldo Negócios & Companhia

Foto: Thales Ferreira – PMSL

Outras notícias

Castástrofe Climática: ACIST-SL cancela eventos de maio

  Devido aos graves efeitos da catástrofe climática que assola São Leopoldo, a ACIST-SL cancelou todos os eventos programados para maio. “Nossos esforços estão concentrados em apoiar os atingidos pela enchente. Criamos uma força-tarefa com nossos associados para receber e