Você está aqui
Home > Posts tagged "decreto municipal"

São Leopoldo publica novo decreto ajustando atendimentos de supermercados

    Prefeitura Municipal acatou decisão do TJ do Estado a partir de ação movida pela Associação Gaúcha de Supermercados (AGAS) recebeu parecer favorável do TJ/RS. A Prefeitura publicou ainda na noite de domingo o novo decreto autorizando a retomada dos estabelecimentos a partir desta segunda-feira ACESSE O DECRETO AQUI. Mediante a decisão do Tribunal de Justiça do Estado, a Prefeitura de São Leopoldo reabre os supermercados do Município nesta segunda-feira (8). A decisão é resultado da ação judicial que a Associação Gaúcha de Supermercados (AGAS) moveu contra o fechamento dos estabelecimentos leopoldenses durante o lockdown decretado pela Prefeitura até esta terça-feira (9) Município deve

São Leopoldo prorroga decreto até o dia 25 de agosto

  A Prefeitura de São Leopoldo prorrogou ontem, 18, o decreto de calamidade pública no âmbito para fins de prevenção e de enfrentamento à epidemia. Desde o dia 14, o município adotou as regras do distanciamento ao protocolo regional. As regras permitem o funcionamento parcial de diversas atividades como clubes sociais, restaurantes a la carte, prato feito, buffet sem autosserviço, lanchonetes e lancherias, academias de ginástica, açougues, fruteiras, padarias, agências de turismo, passeios e excursões, comércio de veículos e salões de beleza. Os estabelecimentos possuem horários específico de funcionamento e precisam obedecer as regras sanitárias, respeitando também os limites de trabalhadores e

São Leopoldo entra na Bandeira Vermelha e restringe atividades até 30 de junho

Decreto anunciado hoje, 22, impõe o fechamento do comércio e restrição da prestação de serviços não essenciais   A Prefeitura Municipal de São Leopoldo publicou nesta tarde, 22, o decreto nº 9.598, endurecendo as medidas de restrição das atividades, reiterando o estado de calamidade pública até o dia 30 de junho. O motivo foi o enquadramento do município na Bandeira Vermelha no último sábado, devido ao aumento de casos em cidades que fazem parte da Sétima Região. ACESSE AQUI O DECRETO NA ÍNTEGRA   Com a decisão, os setores de alimentação, comércio e serviços, voltam a trabalhar de acordo com o primeiro decreto, estabelecido em

Top