Uso de cookies

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência. Saiba mais em nossa política de de privacidade.

AEA Sinos reafirma posicionamento de valorização e defesa dos engenheiros e arquitetos

AEASinos

Associação dos Engenheiros e Arquitetos do Vale do Sinos celebrou 45 anos com homenagem na Câmera de Vereadores de São Leopoldo

 

Passado, presente e futuro conjugados em um só tempo. Assim foi a homenagem aos 45 anos da Associação dos Engenheiros e Arquitetos do Vale do Sinos (AEA Sinos), completados em 14 de março. Na comemoração, realizada na noite de sexta-feira (15), a AEA Sinos recebeu placa comemorativa do Legislativo leopoldense e também entregou certificados aos ex-presidentes em reconhecimento ao trabalho desempenhado para tornar forte e consolidada a Associação nestas mais de quatro décadas.

Desde sua fundação, a AEA Sinos mantém como premissa a valorização e defesa dos interesses dos profissionais das Engenharias e da Arquitetura. “Estamos extremamente orgulhosos de alcançar esse marco, refletindo sobre os nossos feitos desde o início e olhando para o futuro com entusiasmo”, frisou o presidente da AEA Sinos, Carlos Germano Weinmann. E acrescentou: “Queremos uma Associação cada vez mais forte na valorização dos nossos profissionais e na defesa da sociedade”.

 

AEASinos
Carlos Germano Weinmann recebe homenagem do vereador Jeferson Falcão

 

Na sessão solene especial, proposta pelo vereador Jéferson Falcão (MDB), coube ao presidente Weinmann resgatar a história da AEA Sinos, história da qual ele fez parte desde os primeiros passos para a criação da Associação. “Há 45 anos, fomos instigados pelo engenheiro civil Guilherme João Koch a organizarmos uma associação com o propósito de dar visibilidade às nossas profissões e fortalecer nossa classe no Município”, citou.

 

Não há desenvolvimento sem as engenharias e arquitetura

A presidente do CREA-RS, a engenheira ambiental Nanci Walter, citou que não há desenvolvimento sem que haja alguém das engenharias e da arquitetura. “Estamos aqui para agregar e abraçarmos os desafios. Em 90 anos do nosso CREA, que será completado em 30 de maio, eu digo que o mais difícil não é ser eleita, mas ser reeleita”, citou Nanci, ao lembrar que foi a primeira engenheira eleita pelo voto direto.

Ao frisar que também é associada da AEA Sinos, Nanci disse que a Associação tem papel relevante no desenvolvimento de São Leopoldo e da região. “Quero parabenizar a nossa entidade nesses 45 anos. E desejo o mais importante: que ela participe em tudo o que acontece aqui na cidade, pois queremos nos sentir representado por quem está com o voto de nossa confiança.”

Já o vice-presidente do CAU-RS, o arquiteto e urbanista, Fausto Steffen, observou que o Conselho de Arquitetos existe somente há12 anos. “Estamos ainda aprendendo. Já mudamos muitas coisas, mas temos muito ainda a melhorar, porém muitas decisões dependem do Conselho Federal.” Ainda segundo ele, na última gestão do Tiago Holzmann da Silva,foram abertas as portas para as entidades com objetivo de aproximação com o CAU gaúcho para um trabalho conjunto de crescimento e valorização da profissão.

 

O papel das associações é na esfera política, econômica e social

Falando em nome do ex-presidentes, o engenheiro civil José Luiz Garcias, enfatizou a importância de uma associação de classe para seus associados e para a sociedade a qual está inserida. “Uma entidade exerce um papel extremamente importante dentro da esfera política, econômica e social, além de unir forças para reivindicar direitos”, afirmou. Segundo ele, são iniciativas que contribuem para melhorar a vida em comunidade.
Com a autoridade de quem presidiu a AEA Sinos por duas gestões (2019-2020 e 2021-2022), disse que, desde a fundação até o presente momento, a Associação sempre debateu assuntos que interferem no dia a dia da profissão, seja na revisão de planos de preservação de patrimônio, aquecimento do mercado, morosidade da aprovação dos projetos pelos órgãos públicos e muitos outros.

“Estar à frente de uma associação não é nada fácil, pois representamos diversos profissionais com ideologias diferentes. E, como representante da entidade, devemos estar atentos aos interesses da maioria dos associados. Esse é o significado de ser participativo e atuante.” Ressaltou, ainda, que não basta ser interessado, informado e presente, mas que é preciso ter consciência e reconhecer que o futuro depende da competência e ação de cada um.

 

Diretoria da AEAsinos em sessão solene na Câmara de Vereadores de São Leopoldo

O COMEÇO – Em 14 de março de 1979, 18 profissionais se reuniram na então Cantina Capri e deram início ao projeto de criação de uma entidade de classe para congregar os engenheiros e arquitetos devidamente inscritos na 8a Região do CREA e atuantes do município, estimular o espírito de classe e defender seus interesses, além de promover congressos, seminários, exposições, publicações e toda atividade cultural relacionada à engenharia e arquitetura. Três objetivos distintos que forjaram o Estatuto da AEA Sinos e que são seguidos à risca até hoje.

Ainda conforme Weinmann, em 6 de junho daquele mesmo ano, reunidos na sede da Associação Atlética do Banco do Brasil, foi eleita a 1a Diretoria da Associação, na qual assumiu ele como vice-presidente ao lado do presidente, o engenheiro Mecânico e Eletricista, Ronald Germano Löw. “Nessa reunião, já contávamos com 28 participantes e consideramos todos sócios fundadores.”

REGIONALIZAÇÃO – A partir dos anos 80, muitas mudanças aconteceram. Já com 58 associados, a entidade foi regionalizada, alterando o nome de Associação dos Engenheiros e Arquitetos para Associação de Engenheiros Arquitetos do Vale do Sinos. “Nesta época, assumiu como vice-presidente o engenheiro civil Felipe Berlitz, de Novo Hamburgo. Uma das grandes conquistas foi a instalação de uma Sub-Inspetoria do CREA em São Leopoldo, o que facilitou a solução de demandas dos profissionais que não precisavam mais se deslocar à capital.

Weinmann fez questão de ressaltar o trabalho visionário do engenheiro Löw, presidente por cinco gestões consecutivas. “Somos muito gratos por sua dedicação e empenho”, afirmou. Depois de Löw, o comando da Associação contou com outros grandes nomes da área das Engenharias e Arquitetura e todos realizaram uma gestão de excelência. “De 1979 aos dias atuais, a AEA Sinos soma 13 diretorias.”

SEDE PRÓPRIA – O presidente também destacou outro marco na história da AEA Sinos: a conquista da sede própria. Até então, as reuniões eram realizadas em diversos locais, como restaurantes, no Tênis Clube, Sociedade Orpheu, Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, sede social do Grupo Solar e também nas residências dos profissionais.

Segundo ele, entre a gestão do arquiteto Cyro Bonetto da Silva e do engenheiro eletricista Carlos Zabka, foi reformado um imóvel na Rua São Paulo, 994. Pouco tempo depois, com o apoio de profissionais e empresas do setor, no mesmo local foi construída a sede da Associação de Engenheiros Arquitetos do Vale do Sinos, inaugurada oficialmente em 26 de novembro de 1990.

COMPROMISSO – “Tenho imensa honra de estar como presidente nesta data tão especial e quero reafirmar o compromisso da atual gestão com o desenvolvimento contínuo da nossa cidade”, disse Weinmann. A AEA Sinos também participa de vários conselhos municipais, como o Conselho Municipal do Plano Diretor, Conselho Municipal de Saneamento, Conselho Municipal do Patrimônio Artístico e Cultural, Conselho Deliberativo de Semae, Comitesinos (como membro associado) e do Conselho do CREA-RS.

Na cerimônia foram entregues os certificados ao ex-presidentes e uma placa de homenagem para a esposa Zélia e a filha Simone do engenheiro Roland Germano Löw, primeiro presidente da AEA Sinos. Além dos representantes da atual Diretoria, a sessão especial contou com a participação da presidente do CREA-RS, a engenheira ambiental Nanci Walter; o vice-presidente do CAU-RS, o arquiteto e urbanista Fausto Steffen; presidentes de Associações de Engenheiros e Arquitetos de Novo Hamburgo, Canoas e Sapucaia/Esteio, os inspetores-chefes do CREA, Luiz Carlos Tomedi e Maria Eugênia Cardoso; a vice-presidente de Serviços da ACIST, Rita Pavoni, a engenheira civil Patrícia Guidali, representando o Sinduscom Vale, empresários, engenheiros e arquitetos e comunidade.

NOMINATA PRIMEIRA DIRETORIA:
Presidente – Engenheiro Mecânico/Eletricista Ronald Germano Löw.
Vice-presidente – Engenheiro Civil Carlos Germano Weinmann.
Tesoureira – Arquiteta Virgínia Machado.
1a Secretária – Arquiteta Carla Dauber
2o Secretário – Engenheiro Civil Emílio Roberto Wild

OS PRIMEIROS 28 ASSOCIADOS
– Engenheiros Civis: João Guilherme Koch, Ricardo Heurich, Rosane Balsemão, Lídia Nabinger, Rubens Luz, Jens Martin Bercht, Dulcemar Nilson, Rui Minghelli, Vilson da Silva, Cezar Tadeu Helm, Sérgio Kautzmann, Luiz Afonso Hoeffel, Dirceu Calegari, Carlos Germano Weinmann e Emílio Roberto Wilde.
– Arquitetos: Carla Dauber, Virgínia Machado, Rosangela Coutinho, Mara de Marchi, Ari Schmachtenberger, Paulo Sandri, Enio Guelso, Marcos Brigel, Branca Reinheimer, José Carlos Finardi Vieira e Sônia Maria Weck.
– Engenheiros Eletricistas: Rolando Germano Löw e Raul Minghelli.

EX-PRESIDENTES:
ENGENHEIRO MEC NICO/ELETRICISTA Roland Löw – (in memoriam) – gestão 1979 – 1986
ARQUITETO Cyro Bonetto da Silva – gestão 1987 – 1988
ENGENHEIRO ELETRICISTA Cláudio Zabka – gestão 1989 – 1992
ARQUITETO Alexandre de Figueiredo – gestão 1993- 1994
ARQUITETO Ricardo Bertoncello – gestão 1995- 1996
ENGENHEIRO CIVIL Ernesto Schreiber – gestões 1997 – 1998 e 2001 – 2002
ARQUITETO Gerson Luiz Kauer – gestões 1999- 2000 e 2009- 2010
ARQUITETA Rosângela Coutinho – gestão 2003- 2004
ARQUITETO Marcos Köche – gestão 2005- 2006
ENGENHEIRO CIVIL Ivan Oscar Klafke – gestões 2007-2008, 2013-2014 e parte de 2015
ENGENHEIRO CIVIL Jorge Alberto Albrecht Filho – gestão 2011 -2012
ENGENHEIRO CIVIL Jorge Luiz Köche – gestões 2015-2016 e 2017-2018
ENGENHEIRO CIVIL José Luiz Garcias – gestões 2019-2020 e 2021-2022

 

Redação: Márcia Greiner |  Reg. Prof. 8507 | (51) 981846227

Fotos: Nilson Winter

Edição: Elizabeth Renz | Reg.prof 8228/95 | (51) 981846227 | imprensa@slnegociosecia.com.br

 

Outras notícias

Encontro para Negócios acontece dia 24 de abril

Empreendedores e empreendedoras que desejam ampliar a sua rede de relacionamentos e prospectar novos negócios terão oportunidade de divulgar seus produtos e serviços no Encontro para Negócios que a ACIST-SL promoverá no dia 24 de abril, na sede social, das

TrimbleTechnologyLab

Unisinos e Gabster inauguram o Trimble Technology Lab

Programa norte-americano TTL proporciona aos estudantes  contato com as mais recentes ferramentas de software para o desenvolvimento de seus projetos estruturais e de viabilidade     A Escola Politécnica da Unisinos e a Gabster anunciaram a instalação do Trimble Tecnology Lab