Uso de cookies

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência. Saiba mais em nossa política de de privacidade.

Adaptabilidade e autoconhecimento: os aprendizados da pandemia

Empreendedoras da ACIST-SL promoveram a 6ª edição do Café Mulheres Inspiradoras

Saber quais foram as principais lições de duas empreendedores e de uma delegada de Polícia durante a pandemia por Covid-19 norteou o 6º Café Mulheres Inspiradoras realizado nesta terça-feira (25) e que atraiu mais de 100 convidadas para a sede social da ACIST-SL. O evento foi realizado pelo Núcleo de Mulheres Inspiradoras da associação e contou com a participação de Maria Inês Führ, diretora da Leiter Consultoria e coordenadora do Núcleo; Diana Haas, diretora da Ahass Mídias Sociais; e Cibelle Savi, delegada de Polícia titular da 1ª Delegacia de São Leopoldo. A mediação foi de Elizabeth Renz, diretora da Senha Comunicação Integrada.

Questionadas sobre os impactos da pandemia, todas apontaram a abrupta mudança na rotina tanto pessoal quanto profissional que as levou a alterar planos e revisar projetos, revelando que a capacidade de adaptação e o autoconhecimento foram – e são essenciais – para o retorno a uma nova realidade.

Conforme Maria Inês, a pandemia colocou a todos em um vácuo vácuo, fazendo apertar o botão ‘modo sobrevivência’ e que agora é o momento de retomar o ‘botão planejar”, mas de uma maneira diferente.

“Passamos a nos perguntar como dar os próximos passos para crescer diante dos aprendizados destes últimos anos, que mostraram que a solidariedade e as conexões foram essenciais. O apoio de muitas pessoas foi crucial para atravessar este período”.

Diana Haas revelou que a pandemia reforçou ainda mais a sua crença quanto à importância do planejamento para lidar com as adversidades. Ela atua em home office há muitos anos, porém a pandemia afetou a saúde de familiares, levando-a a alterar drasticamente a rotina, que também envolvia a atenção com a vida doméstica.

“Nós hoje vivemos na ‘sociedade do cansaço’, aprendemos a acelerar o whats app, mas não os resultados e entramos em um processo de exaustão. É necessário desacelerar para dar espaço também para o ócio criativo”, ensina.

Ter um olhar atento sobre os outros e sobre si mesma; autoconhecer-se para focar nos pontos fortes. Estas são as dicas que a delegada Cibelle Savi apontou como essenciais para o enfrentamento das mais diversas dificuldades. Ela relata que durante a pandemia, devido à profissão, não havia como trabalhar home office. Teve que afastar-se da família para evitar contaminação, ao mesmo tempo em que passou a lidar com situações de muito desgaste emocional.

“Passamos a viver o amor de forma diferente. Nos conhecer, saber identificar nossas emoções nos humanizam e nos tornam mais solidários”, disse. “A confiança de que escolhi a profissão certa foi essencial para manter o foco, liderar pessoas e conduzir corretamente as adversidades”, apontou.

CIBELLE sAVI

Café – O Café Mulheres Inspiradoras foi organizado pelo Grupo Trabalho coordenado por Letícia Astolfi, diretora da Prátika Serviços para Condomínios. “Foi um grande aprendizado atuar no grupo. O evento foi organizado com muito carinho e acredito que atingimos nosso objetivo, que foi impactar positivamente mais mulheres”.

A vice-presidente Administrativa da ACIST-SL, Mariana Cardoso, que representou o presidente Felipe Feldmann, ressaltou o apoio da entidade para eventos como este, que estimulam o empreendedorismo por meio do associativismo.

Esta edição contou com o patrocínio das empresas Sicredi Pioneira, Étika Condomínio, AC Real, Frontec, Matriz Farmacêutica, Oliva Construções e Empreendimentos, Tatiana Timm e apoio da Vila Rica Imóveis.

Redação: Elizabeth Renz | coordenação de conteúdo | Reg prof. 8228/95

Outras notícias

Linha Submersa

HIGRA projeta crescimento de 50% e investe no mercado europeu

  A HIGRA, desenvolvedora de soluções em bombeamento, tratamento de efluentes e geração de energia limpa de São Leopoldo/RS, inicia sua trajetória rumo à Europa. Isto porque  se concretiza o contrato de licenciamento para produção e distribuição de bombas e

Curso para mestre de obras

SINDUSCOM Vales abre inscrições para mestre de Obras

  Estão abertas as inscrições para mais uma edição do curso Mestre de Obras, uma ação do Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de São Leopoldo e da Região dos Vales do Sinos, Caí e Encosta da Serra (SINDUSCOM