Uso de cookies

Para você navegar neste website, usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência. Saiba mais em nossa política de de privacidade.

ACIST-SL tem agenda com prefeito Ary Vanazzi

ACIST-SL se reúne com prefeito Ary Vanazzi

Entidade abordou temas que impactam a cidade e entregou convite para o Momento do Empreendedor de março

 

A diretoria da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Tecnologia de São Leopoldo, ACIST-SL, liderada pelo presidente Daniel Klafke, esteve reunida nesta terça-feira, 31, com o prefeito municipal Ary Vanazzi. O objetivo foi apresentar a nova diretoria que atuará na gestão 2024/2025 e apresentar as pautas que já estão sendo discutidas. Também foi uma oportunidade para formalizar o convite para que o gestor público seja o palestrante do Momento do Empreendedor, reunião-almoço que acontecerá dia 21 de março. Já é tradição que o primeiro evento do ano tenha como convidado o prefeito municipal, para que relate as atividades e projetos voltadas para o desenvolvimento econômico local.

 

Ary Vanazzi e Daniel Klafke
Daniel Klafke (E) entrega convite para Ary Vanzzi palestranr em março de 2024

Daniel Klafke apresentou para o prefeito e para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico, Juliano Maciel, os integrantes da nova gestão da ACIST-SL. Participaram do encontro os vice-presidentes vice-presidentes Mariana Cardoso (Administrativa), Filipe Schuck (Financeiro), Carlos Reis (Indústria) e Rita Pavoni (Serviços), acompanhados dos diretores Marco Zang (TRansportes); Madeleine Hilbk (Relações Governamentais), Ingrid Marxen (Cultura e Turismo) e Rogério Daniel da Silva (Segurança Pública) e da gerente executiva, Maiara Fangueiro.

 

A reunião também foi oportunidade para a ACIST-SL trocar informações sobre o andamento da revitalização da Rua Independência. Importante e necessária, a obra também está gerando prejuízos para os estabelecimentos comerciais e de serviços devido à queda do movimento. A entidade pediu que fosse avaliada alguma compensação que possa ser repassada aos comerciantes durante a sua execução. “Temos preocupação que muitos podem fechar as portas ou demitir funcionários”, aponta Daniel Klafke.

Ampliar o acesso às informações sobre o andamento da obra também foi solicitado. Vanazzi concordou que é preciso melhorar a comunicação e solicitou à equipe de comunicação sugestões de melhoria.

Sandbox Regulatório – Daniel Klafke destacou para o prefeito Vanazzi que a consolidação de São Leopoldo como cidade da Inovação pode receber um apoio ainda maior com a implantação do sandbox regulatório. A medida visa oferecer um alívio fiscal ou tributário por um prazo determinado para que as empresas consolidem seus negócios. “Os projetos já estão em andamento, mas muitas vezes estas empresas não têm o faturamento necessário para pagar as despesas iniciais da operação. Por isso, ter um período experimental faria muita diferença”, ressalta. Para tanto, é preciso uma legislação municipal específica para este tipo de operação.

Salientando que toda sugestão que contribua para o desenvolvimento econômico e social é bem-vinda, Vanazzi apontou que levará este tema para a Governança do Parque Tecnológico São Leopoldo, para que seja analisado entre seus integrantes. Ele lembrou que São Leopoldo foi a primeira cidade do Estado a oferecer desconto de ISS para as empresas de tecnologia.

Educação & formação de mão de obra – Tema de extrema importância para o setor produtivo, a formação de profissionais foi apontada como urgente pelo vice-presidente de Indústria, Carlos Reis. Ele sugere que o município estimule a interação entre sociedade e empresas para despertar nos jovens o interesse em  ingressar no mercado de trabalho. “As entidades podem ajudar neste processo, mostrando o potencial das empresas”, comenta. Vanazzi comentou que é importante avançar neste assunto, que passa pela educação, principalmente junto ao Ensino Médio.

Segurança Pública – O diretor de Segurança Pública, Rogério Daniel da Silva, solicitou ao Poder Público a revisão do Projeto de Lei que permite a implantação de sistemas de videomonitoramento junto aos desmanches e ferro-velhos. O objetivo é inibir o furto de fios, cabos e peças de metais. “O furto é o único índice que não reduz, justamente porque é difícil obter o flagrante  da entrega do mesmo”. Vanazzi se comprometeu a revisar o PL para que receba a regulamentação.

Rogério também elogiou a formação qualificada dos 40 novos servidores que passam a integrar a Guarda Municipal e solicitou a criação de um convênio entre a Prefeitura e o Consepro para que este possa receber recursos. “O Conselho pode repassar verbas emergenciais para os órgãos de segurança pública, evitando processos burocráticos e demorados”, explicou. O prefeito comentou que conversará com a Secretaria de Segurança Pública para alinhar como proceder com este convênio.

 

Bairro Rio do Sinos – A revitalização do Bairro Rio do Sinos foi um dos temas apontados pela diretora de Relações Governamentais, Madeleine Hilbk, como importante a ser debatido. Ary Vanazzi divulgou que está sendo feita uma série de melhorias na infraestrutura para abrigar um Distrito Criativo. Será criada uma legislação que permita ao município locar prédios para abrigar startups focadas em serviços.

Madeleine destacou que é preciso que São Leopoldo passe a enaltecer ainda mais as ações positivas que realiza, a exemplo da Lei da Inovação, dentre outras. “Precisamos comunicar mais e melhor as nossas qualidades”.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa ACIST-SL

 

Outras notícias

A 9ª Sinfonia integra-se à reconstrução de São Leopoldo

Obra-prima de Beethoven, que exalta a  fraternidade e a alegria, será apresentada no mês da Imigração para “abraçar” a cidade. Iniciativa vem sendo organizada desde dezembro de 2023 pela Presto Produções e Apresentações Artísticas, com o apoio da Lei Rouanet.

Festival Musicâmara reúne corais da região

Festival acontece entre os dias 8 e 11 de julho, na Igreja de Cristo (Igreja do Relógio) com entrada franca Valorizar a beleza do canto coral, que é um dos legados da Imigração Alemã para o Rio Grande do Sul.