Você está aqui
Home > Tecnologia & Inovação > Grupo Coester inicia projeto para implantar aeromovel

Grupo Coester inicia projeto para implantar aeromovel

Empresa Aeromovel Brasil, pertencente ao grupo, fará estudo de viabilização do sistema em parceria com a Prefeitura

Com o objetivo de efetuar estudos com vista a implantar o sistema Aeromovel em São Leopoldo, foi assinado na sexta-feira passada (1º), o memorando de entendimentos entre a Prefeitura de São Leopoldo e a empresa Aeromovel Brasil SA Inicia, assim, a fase de cooperação visando desenvolver e efetivar projetos de transporte urbano de passageiros com a aplicação da tecnologia Metrô Aeromovel. Funcionários públicos e da empresa passam a reunir-se regularmente para estudar a viabilidade da implantação de linhas de aeremovel na cidade.

O CEO da Aeromovel, Marcus Coester, explica que haverá o prazo de até um ano para que Prefeitura e a empresa apresentem o projeto de forma detalhada e o modelo de negócio. Ele destacou que a tecnologia foi utilizada pela primeira vez na cidade de Jacarta, capital da Indonésia. “O sistema opera com três veículos, num trajeto de 3,2 quilômetros de distância, passando por quatro estações ativas em uma linha circular. O Aeromovel em Jacarta, em funcionamento há 30 anos, é um exemplo de operação autossuficiente em transporte. O funcionamento dispensa qualquer subsídio, pois a receita resultante da tarifa cobre completamente os custos operacionais, incluindo remuneração de funcionários, materiais e insumos”, afirmou Coester. Em Porto Alegre, capital do Estado, o aeromovel construído pela Coester liga o Trensurb ao aeroporto.

O prefeito Ary Vanazzi destacou a coragem e ousadia de Oskar Coester quando criou esta tecnologia inovadora. “Precisamos fazer um reconhecimento ao seu Oskar por acreditar na indústria nacional. A empresa é pioneira nesta tecnologia que utiliza um sistema reconhecido mundialmente. Uma tecnologia que nasceu em São Leopoldo e que vai fazer parte do futuro da nossa cidade”, afirmou o prefeito.

O secretário de Serviços Públicos, Sandro Della Mea Lima, classificou a data como um momento histórico para a cidade. “A tecnologia aplicada é uma solução para o transporte público, pois além do baixo consumo de energia, se integra perfeitamente a outros modais existentes na cidade, como o próprio Trensurb. Com certeza vamos qualificar a mobilidade urbana da cidade”, afirmou o secretário.

Entre as alternativas para financiar o projeto, Lima cita o processo Economia Verdade, criado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) para viabilizar ações que reduzem riscos ambientais.

Tecnologia inovadora

Integrante do Grupo Coester, a Aeromovel Brasil SA é uma empresa dedicada ao fornecimento de projeto e implementação de sistemas de mobilidade urbana. Tendo por base tecnologia própria, inovadora e sustentável idealizada por Oskar Coester, o meio de transporte da Aeromovel se caracteriza por ser automatizado e em via elevada, utilizando o sistema de propulsão pneumática – o ar é pressurizado por ventiladores estacionários de alta eficiência energética, por intermédio de um duto localizado dentro da via elevada. O ar empurra ou puxa uma placa de propulsão fixada ao veículo, que se movimenta por truque (plataforma sobre rodas de aço) em trilhos.

Sobre a eficiência energética (energia elétrica) usada para propulsão pneumática (movido a ar), Marcus observou que a Linha Integração do Aeromovel (Shuttle) Trensurb-Aeroporto em operação há quatro anos, 19 horas por dia, sete dias por semana, gasta, em média, R$ 20 mil de energia elétrica por mês sendo que, dois terços deste valor são empregados para climatizar as estações.

 

 

 

Top