Você está aqui
Home > Tecnologia & Inovação > Criadora da startup Raks é selecionada para programa de empreendedores na Alemanha

Criadora da startup Raks é selecionada para programa de empreendedores na Alemanha

Fabiane conviverá com jovens de países emergentes em Berlim durante o mês de março

 

 

A estudante Ciência da Computação da Unisinos, Fabiane Kuhn, 23 anos, foi selecionada para participar do programa Westerwelle Young Founders Programme, que ocorre de 10 a 14 de março, em Berlim, na Alemanha. Durante quatro dias, ela e outros 24 jovens empreendedores de destaque de países emergentes e em desenvolvimento, terão a oportunidade de interagir com mentores, investidores e conhecer mais sobre o ecossistema alemão de startups.

 

Antes de ser selecionada entre cerca de 1.500 candidatos, a jovem empreendedora participou de um processo extensivo, que começou com questionário online, com perguntas sobre perfil empreendedor e empresarial. Numa segunda etapa, concorreu com outras 60 pessoas, em entrevistas, realizadas por Skype. Fabiane pretende compartilhar o conhecimento que adquirir na imersão. “O programa vai ajudar tanto no desenvolvimento pessoal, como no contato com outras pessoas, melhorando nosso networking. Além disso, quero trazer para cá o aprendizado, tornar nossas práticas e rodadas de investimento melhores”.

 

Fabiane, que pretende fazer mestrado e depois doutorado, destaca a importância da educação para o seu crescimento. “Não me imagino parando de estudar. O fato de frequentar uma universidade como a Unisinos, me permite estar atenta às novidades. Aqui, encontrei professores que me inspiraram e mostraram que é possível chegar lá, mesmo que a gente não tenha as melhores condições aqui no Brasil”.

 

Sócia da Raks Tecnologia Agrícola (http://raks.com.br/), startup incubada no Parque Tecnológico São Leopoldo – Tecnosinos desde 2017, Fabiane entende que estar em um ecossistema de inovação ajudou a pensar o modelo de negócio desenvolvido pela empresa, além de abrir os olhos para novas oportunidades. “Eu não tinha conhecimento de negócio e boa parte das perguntas foram relacionadas a essa área, que estamos aprendendo dentro do processo de incubação na Unitec”, destaca.

 

Além de uma imersão de cinco dias na Alemanha com todas as despesas pagas, o Westerwelle Young Founders Programme, previsto para durar seis meses, vai conectar os com um mentor pessoal, que vai realizar um acompanhamento mensal online, ajudando no desenvolvimento de habilidades empreendedoras, além de contextualizar o cenário de startups de Berlim e ampliar a rede de contatos internacionais.

 

 

Top