Você está aqui
Home > Empresas & Negócios > Sucesso do 1º Waves Experience HIGRA

Sucesso do 1º Waves Experience HIGRA

Uma manhã para troca de ideias, apresentação de cases e discussões sobre o mercado. Assim foi o Waves Experience, evento da HIGRA que lotou o auditório do Platinum Executive Center, no Centro de São Leopoldo, na última segunda-feira (20). A inciativa da empresa seguiu o dinâmico modelo Ted Talk e em cerca de quatro horas abordou diversos assuntos de interesse de seus vendedores, representantes e convidados, especialmente da área de saneamento e engenharia. No total, foram 10 palestrantes e o encontro se encerrou com um debate, quando o diretor da HIGRA Silvino Geremia frisou o orgulho de sua equipe. “Trabalhamos com um grupo dinâmico e profissional. Hoje já poderia parar de trabalhar, mas faço isso por prazer. É muito bom usufruir da energia desta equipe”, disse ele.

Entre os palestrantes, nomes de destaque nacional, como Cristiano Trein, que trabalha na Agência Espacial Brasileira. O engenheiro contribuiu com informações precisas sobre o mercado de energia no País, o que evidenciou que ainda há muito para evoluir. “Perde-se uma Itaipu e meia no Brasil todo o ano por falta de eficiência energética. Estamos no penúltimo lugar no ranking dos 23 países que mais consomem energia elétrica no mundo”, comentou ele. Outro destaque foi a participação de Diretor do SAAE Caxias (MA), Arnaldo de Arruda Oliveira, que abordou o “Ciclo de vida do produto” e pôde falar com propriedade quanto aos benefícios dos equipamentos HIGRA. “Na minha cidade, antes das bombas HIGRA, todo domingo faltava água. Nós, do SAAE, estamos cada vez mais levando em consideração o rendimento e a confiabilidade dos produtos que trabalhamos.”

Além disso, a psicóloga e especialista em gestão de pessoas Roberta Sanzi abriu os trabalhos falando de “motivação” e, na sequência, falaram os engenheiros Ismael Schröer e Vitor Espindula, abordando a “Prototipagem virtual” e a “Cocriação em aplicações de bombeio”, respectivamente. Também engenheiro e diretor da HIGRA, Greco Tusset de Moura levou aos participantes um pouco mais do pioneiro conceito de anfibismo trabalhado pela HIGRA em sua bomba. Já Welerson Braga, da Sidrasul, apresentou cases de bombas HIGRA aplicadas em casas de minas. Conforme lembrou ele, o equipamento levou melhorias às obras e resiste a condições extremas. “Com os produtos HIGRA temos mobilidade, facilidade de instalação, eficiência hidroenergética, altas vazões e pressões, sustentabilidade, confiabilidade e economia.”

Top