Você está aqui
Home > Empresas & Negócios > STIHL finaliza primeira etapa da construção do novo Centro de Operações Motores

STIHL finaliza primeira etapa da construção do novo Centro de Operações Motores

 

Com investimento total de R$ 68 milhões, a primeira etapa foi entregue nesta sexta (18). O novo prédio passará, então, para o processo de estruturação interna.

 

A STIHL entregou, nesta sexta-feira (18) em solenidade restrita à diretoria da empresa, a primeira etapa da construção do novo prédio de Operações Motores. O investimento total para o espaço é de R$ 68 milhões e representa o segundo grande movimento da organização dentro do pacote de R$ 500 milhões anunciados em 2018 e que serão aplicados até 2023.

O projeto, que iniciou em setembro de 2019, agora entra em fase de estruturação interna, com as transferências das linhas de produção, que entrarão em operação progressivamente. A previsão de finalização total, com todas as linhas operando no novo prédio é fevereiro de 2022. Mediante toda a tecnologia da nova estrutura, a STIHL estará preparada para o aumento da capacidade de produção de máquinas e poderá alcançar até 1,5 milhão de unidades motoras por ano.

 

A obra gerou mais de 160 empregos diretos e, pelo menos, 500 indiretos. O novo prédio contará com processos de injeção de plásticos, usinagem e um novo e moderno sistema de pintura de peças de magnésio, tratamento térmico, usinagem de virabrequim e bielas e montagem dos equipamentos (motosserra, roçadeira, pulverizadores, sopradores e outros). Em uma área total com mais de 14.000 m², a construção já foi desenvolvida dentro de conceitos da Indústria 4.0 – com uma produção mais limpa e orientação para a Internet das Coisas (Internet of Things – IoT). “O novo empreendimento será crucial para expansão da nossa força de produção e para evolução da tecnologia utilizada, o que otimizará ainda mais o processo já existente. Todas as linhas de montagem estarão com fluxos de materiais e informações alinhados na mesma direção, propiciando melhor controle da atividade”, afirma o presidente da STIHL Brasil, Cláudio Guenther.

 

Além de possuir um sistema de ventilação mecânica automático, que garantirá uma alta taxa de renovação de ar, o prédio terá um pé direito livre de 12 metros de altura, proporcionando um excelente ambiente de trabalho para os colaboradores. Os conceitos de sustentabilidade também estarão presentes, com 100% da iluminação em LED, sistema de climatização de alta eficiência energética e água de reuso para todos os sanitários, além de possuir um sistema de amortecimento de água pluvial, que contém um grande volume de água, liberando em vazões menores para o munícipio. Os corredores serão mais amplos, prevendo, futuramente, o uso de automação logística. A estrutura também contará com um inovador sistema de combate a incêndios e utilizará materiais, em sua grande maioria, incombustíveis. Da mesma forma, as áreas administrativas foram projetadas com foco no bem-estar e interação dos funcionários, utilizando modernos conceitos de espaços abertos, inovadores e humanizados.

 

Sobre a STIHL

 

A STIHL lidera o mercado brasileiro de ferramentas motorizadas portáteis, com um mix completo de produtos de alta qualidade e durabilidade. Com produtos destinados ao mercado florestal, agropecuário, construção civil, conservação e jardinagem profissional, e doméstico, a empresa oferece uma ampla linha de ferramentas motorizadas portáteis que podem ser encontradas em mais de 4 mil pontos de venda distribuídos pelo Brasil. No país, a STIHL está localizada em São Leopoldo (RS), onde trabalham aproximadamente 2,7 mil colaboradores. A matriz do grupo fica na cidade de Waiblingen, na Alemanha. Reconhecida pela sua liderança tecnológica, inovação e qualidade de seus produtos, a empresa está presente em mais de 160 países por meio de canais de distribuição formados por mais de 40 mil pontos de vendas no mundo. Para atender ao mercado global, a STIHL conta com unidades produtivas na Alemanha, Brasil, EUA, Áustria, Suíça, China e Filipinas. Desde 2008, a STIHL Brasil é certificada com a ISO 14001 e a OSHAS 18001, ambas recertificadas em 2017. O Grupo STIHL é certificado com a ISO 9001.

Top