Você está aqui
Home > Empresas & Negócios > SAP Labs anuncia R$ 120 milhões para expansão no Estado

SAP Labs anuncia R$ 120 milhões para expansão no Estado

Com investimentos de R$ 120 milhões (€ 30 milhões) e capacidade para reunir mais 700 pessoas, será inaugurado em 2020 o novo prédio do SAP Labs Latin America, no Parque Tecnológico da Unisinos (Tecnosinos), em São Leopoldo (RS). O anúncio foi feito na quarta-feira (8) pelo presidente do SAP Labs Latin America, Dennison John. As obras para a construção do novo espaço, que será instalado próximo à infraestrutura atual, devem iniciar entre novembro e dezembro de 2018. Até lá, a empresa está atuando em cima do projeto da obra e das liberações legais. A previsão é que a construção dure cerca de 18 meses.

O novo local terá 7,5 mil m² de área útil, que representará um crescimento de 45% em espaço físico da empresa. Hoje, a SAP Labs opera em um prédio com 17 mil m², referência em sustentabilidade, sendo 100% de fonte renovável, com mecanismos para reutilização de água, consumo inteligente de energia e destinação correta de resíduos. A previsão é de que o novo espaço seja construído nos mesmos moldes e obtenha a LEED nível Gold/NC, certificação líder utilizada em mais de 160 países para edifícios comprometidos com a sustentabilidade. “Esse investimento é muito maior do que foi feito até hoje. O nosso plano é seguir crescendo rapidamente e, além de oferecer soluções e serviços para a América Latina, passar a prover soluções de inovação também para o mercado global a partir de São Leopoldo”, conta John.

Atualmente, pouco mais de 1 mil profissionais atuam no SAP Labs Latin America, de cerca de 15 nacionalidades. A taxa de crescimento na contratação de pessoas tem sido de 30%. Em 2022, a meta é duplicar o número de profissionais, superando a marca de 2 mil. Esta será a terceira expansão da multinacional alemã desde a inauguração da sede no Rio Grande do Sul, em 2006.

O projeto começou dentro de uma sala da Unisinos, e reunia 20 pessoas. Em 2009, veio a primeira fase, com a construção de um prédio com capacidade para 450 pessoas e que recebeu investimentos R$ 40 milhões (€ 15 milhões). Em 2013, começou a fase dois da expansão. Na época, a empresa aportou mais R$ 60 milhões (€ 25 milhões) o que permitiu crescer o time para mais 500 pessoas. Até 2020, serão R$ 220 milhões destinados para o SAP Labs Latina America, equivalente a € 70 milhões.

O executivo afirma que os investimentos que têm sido feitos no Sul do Brasil se justificam pela grande capacidade de geração de talentos locais e pelo alto nível das universidades que estão próximas à sede do empreendimento. Além, claro, do fato de a unidade estar em uma região que fica no centro do Mercosul. Com soluções próprias desenvolvidas em São Leopoldo e comercializadas para vários países, outro trabalho importante feito pelo SAP Labs é a customizações das soluções. “O mercado brasileiro possui algumas singularidades, como seu complexo sistema de tributação. Os nossos times atuam fortemente na localização das soluções para o mercado local”, relata John.

O laboratório da SAP na América Latina é parte da rede de 20 laboratórios no mundo que oferecem desenvolvimento, suporte e localização de soluções para as necessidades específicas dos clientes de cada país. Os serviços fornecidos incluem ainda soluções de mobilidade e soluções para análise de grandes volumes de dados com o SAP HANA. Em 2017, a unidade de São Leopoldo foi selecionada para ser uma das quatro sedes mundiais a receber o SAP Leonardo Center, área global destinada a desenvolver soluções voltadas à digitalização e inovação, utilizando tecnologias como Internet das Coisas (IoT), Machine Learning, Analytics, Big Data, Blockchain, Cloud e Data Inteligence. As outras sedes estão em Paris, Nova York e Bangalore.

Saiba Mais:

Fundada em 2006 em São Leopoldo, a SAP Labs latin America é a organização da SAP voltada para o desenvolvimento de aplicações e serviços de suporte para as Américas.

 

Fonte: Jornal do Comércio

Foto: Marcelo Ribeiro/JC

Top