Você está aqui
Home > SL Gourmet & Lazer > São Leopoldo recebe Maniba Central, o primeiro bar da Cervejaria Maniba

São Leopoldo recebe Maniba Central, o primeiro bar da Cervejaria Maniba

Localizada no antigo Curtume Pinheiros, a cervejaria, sediada em Novo Hamburgo, terá 30 torneiras em funcionamento

 

O Vale do Sinos está ganhando mais uma opção para os apreciadores de cerveja artesanal, gastronomia e entretenimento.

A Cervejaria Maniba, vencedora de diversas competições nacionais e internacionais, inaugura nesta quinta-feira (16), o Maniba Central – seu primeiro bar, em São Leopoldo. A abertura, que ocorrerá num sistema soft opening, acontece a partir das 18 horas, na Rua Doutor Frederico Wolffenbuttel, 256, no Centro de São Leopoldo.

Maniba Central é o primeiro bar da cervejaria e está localizado no centro da cidade

O local, que conta com uma ambientação em estilo industrial e com peças gráficas autorais, já iniciará o serviço oferecendo 30 torneiras de cervejas artesanais. “Com o intuito de fornecer a melhor experiência possível, construímos um sistema de chope moderno, através do qual as cervejas são servidas com a mesma qualidade presente quando a bebida é retirada diretamente do fermentador, na cervejaria. É uma experiência maravilhosa, única para quem nunca bebeu cerveja dessa forma”, explica o mestre cervejeiro, e um dos proprietários da cervejaria, Cristiano Winck.

O local comporta 170 pessoas e oferece cardápios especiais

A cervejaria, que produz cerca de oito mil litros da bebida por mês, tem sua fábrica próxima ao bar, no bairro Lomba Grande, em Novo Hamburgo.

O bar também vai oferecer diversos pratos da gastronomia contemporânea, além de cervejas, drinks clássicos, vinhos e espumantes. “Nosso ideal é construir um local que seja referência em bares de cervejas especiais. Queremos que pessoas de toda parte do Estado venham para cá, para que o nosso bar seja um ponto turístico cervejeiro e um espaço fomentador da cultura cervejeira, sem deixar ninguém de fora”, garante Winck.

 

O estabelecimento oferece uma área para mais de 170 pessoas sentadas e amplo estacionamento próprio. O Maniba Central também será palco de eventos semanais para apreciadores da cultura cervejeira. A ideia é que ocorram saraus com palestras sobre a cerveja artesanal e cursos para todas as pessoas que desejarem aprender um pouco mais sobre a produção da bebida.

A Maniba segue o caminho de cervejarias como Imigração, Bossta Beer, Fat Bull Beer, Rasen Bier e Clandestina Craft Beer, que também criaram espaços gastronômicos e de eventos para receber clientes e apreciadores de seus rótulos.

 

HISTÓRIA DA CERVEJARIA

Winck, que é formado em veterinária, começou a produzir cervejas nas panelas de casa em 2008 com mais dois amigos. Em seguida, decidiu participar de concursos, onde passou a se destacar, recebendo premiações logo no início.

Fonte: Portal Martin Behrend

Fotos: Duvulgação

 

Top