Você está aqui
Home > Entidades > Entidades se reuniram com Prefeitura nesta segunda-feira para encontrar alternativas para o retorno das atividades

Entidades se reuniram com Prefeitura nesta segunda-feira para encontrar alternativas para o retorno das atividades

 

Na tarde desta segunda-feira, 13, o secretário de Habitação, Nelson Spolaor, recebeu o vice-presidente da ACIST-SL, Felipe Feldmann e os presidentes do Sindilojas e CDL, Walter Seewald, e Olinto Menegon, respectivamente, para dialogar sobre as demandas de cada setor e propor a criação de um comitê de acompanhamento conjunto da pandemia. Os dirigentes apontam que é preciso o retorno urgente das atividades comerciais e de serviços e que estão à disposição para encontrar alternativas que garantem o atendimento com todos os protocolos de saúde e de higienização dos espaços.

 

Dentre as alternativas que já foram apresentadas, está a abertura do comércio em três etapas. A primeira, às 8h da manhã, seria para os estabelecimentos de produtos ou serviços considerados essenciais. A segunda, às 9h, permitiria a abertura das lojas de calçados, roupas, bazar, perfumarias, dentre outras. E às 10h, ocorreria a abertura das grandes redes relativas à linha branca. Desta forma, o número de passageiros do sistema de transporte seria reduzido, evitando a aglomeração dentro dos veículos e das paradas de ônibus. Outra proposta é o escalonamento dos horários para o setor industrial, que está sendo analisado. Os representantes entendem que algumas flexibilizações dependem do Estado, mas que outras medidas podem ser avaliadas de acordo com a realidade de São Leopoldo. Uma delas é a retirada dos ambulantes que, ao mesmo tempo em que ocupam as frentes das lojas que estão fechadas por força do decreto, ainda vendem os artigos que as empresas legalizadas não podem. Outra demanda muito importante é a reabertura das sedes das entidades de classe e a inclusão da tele entrega para o comércio onde é proibido o atendimento de clientes em suas dependências.

O encontro aconteceu no mesmo dia em que representantes do comércio e de academias de ginástica e treinamentos promoveram uma manifestação em frente ao Centro Administrativo. Ficou decidido que um novo decreto será publicado hoje (14), com vigência a partir de amanhã (15), autorizando a reabertura das academias, barbearias e salões de beleza de acordo com os protocolos e limites de atendimento conforme a bandeira vermelha do governo do Estado.

Top