Você está aqui
Home > Entidades > Candidatos à Prefeitura municipal apresentam propostas para o desenvolvimento econômico

Candidatos à Prefeitura municipal apresentam propostas para o desenvolvimento econômico

A ACIST-SL promoveu, nesta quinta-feira, 08, uma edição especial do Momento do Empreendedor, que foi transmitida na sua página no Facebook e no canal You Tube. O objetivo foi ouvir dos candidatos a prefeito de São Leopoldo as suas propostas para o desenvolvimento econômico do município. Visando às normas de distanciamento devido à pandemia, o painel ocorreu na sede da Vale TV, em Novo Hamburgo, e foi gravado no dia 06 de outubro.

 

Participaram do evento Ary Vanazzi, da Coligação Nosso Trabalho Constrói o Futuro; Professor Célio Trindade, do PSOL; e Professor Nado, da Coligação São Leopoldo em Primeiro Lugar.  O candidato Delegado Heliomar Franco, da Coligação São Leopoldo Acima de Tudo, não participou do evento devido à uma internação para exames após um mal-estar causado pelo stress.

 

O presidente da ACIST-SL, Siegfried Koelln, destacou que estes encontros são uma etapa muito importante para a cidade, porque o próximo prefeito será o do Bicentenário da Imigração Alemã. “O painel visa a ajudar a formação da opinião dos empreendedores, que são representados pela Entidade. Desejamos saber quais serão os projetos para a pós-pandemia”, ressaltou. O dirigente reforçou a necessidade da geração de empregos e a preocupação de que a renda não é gasta na cidade. “O que devemos mostrar para os investidores que vierem para a cidade, além do local da sua empresa?”, questionou.

 

O painel foi dividido em quatro blocos, sendo o primeiro para a apresentação das candidaturas. O segundo e o terceiro blocos foram destinados às perguntas formuladas pela ACIST – cinco perguntas iguais para os quatro candidatos em cada bloco. O quarto bloco foi destinado para as considerações finais. As regras do painel, bem como a ordem de resposta, foram definidas de comum acordo entre os representantes das candidaturas e a diretoria da ACIST, e devidamente protocoladas junto ao cartório eleitoral de São Leopoldo.

 

Abaixo, as perguntas elaboradas e um resumo das principais propostas de cada candidato. O conteúdo completo pode ser acessado aqui:

https://www.facebook.com/acistsl/videos/741080103415373

https://www.youtube.com/watch?v=bGB8sp5V1Ng&ab_channel=ACISTS%C3%A3oLeopoldo

 

Interesse comunitário – A primeira fase de perguntas versou sobre as questões comunitárias.

Pergunta: A Segurança Pública de São Leopoldo tem problemas crônicos, como um presídio de regime semiaberto em área central da cidade e com vigilância deficiente, o aumento dos índices de violência no período do verão devido ao deslocamento de efetivos da Brigada Militar para a Operação Golfinho, recorrentes festas irregulares em áreas destinadas à expansão industrial, entre outros. Por outro lado, há oportunidades como o projeto de cercamento eletrônico e a integração dos órgãos de segurança. Qual o seu projeto para gestão da Segurança Pública, e qual será o papel da Guarda Municipal no processo? De que forma as entidades de classe e instituições da sociedade civil podem contribuir?

 

Ary Vanazzi – Fortalecer o Comité, o Conselho e o Fundo Municipal de Segurança Pública. Exigir do Estado e da União novos projetos para o combate à violência. Construir políticas sociais e de prevenção.

Professor Nado – Descentralizar a Guarda Municipal, levando-a também para os bairros e vilas. Rever a política do Estacionamento Pago. Mobilizar as mulheres líderes dos bairros para retirar as crianças e adolescentes de situações adversas.

Professor Célio – Combater a violência na periferia com investimento na juventude local. Investir em inteligência policial e instalar conselhos comunitários de Segurança Pública. Criar planos oficiais contra a violência da mulher e da comunidade LGBT.

 

Pergunta: Uma cidade organizada e bem cuidada é um cartão de visitas para aqueles que desejam aqui residir, estudar, investir e empreender. Qual o seu projeto para recuperação do ambiente urbano, a fim de transformar São Leopoldo em uma cidade que inspire pessoas, que faça jus ao título de cidade Berço da Imigração Alemã no Brasil, que atraia negócios, investimentos, empregos e oportunidades?

 

Ary Vanazzi – Manter o Planejamento Urbano elaborado há dez anos, revitalizando várias áreas. Continuar a ampliação do abastecimento de água e de energia elétrica. Formar mão de obra com destaque para a Tecnologia.

 

Professor Nado – Contatar o Estado Alemão para reatar parcerias semelhantes às que geraram os diques de controle de enchentes. Potencializar os bairros e vilas para recuperação dos espaços de convivência e das escolas comunitárias. Contatar conjunto de entidades para revitalizar a Rua Grande e o comércio do centro.

Professor Célio – Criar conselhos de desenvolvimento, de cultura, de esporte, de saúde, de meio ambiente locais para que pensar juntos sobre a comunidade. Programa eco socialista para unir meio ambiente com planejamento urbano e investimento em cultura, esporte e laser.

 

Pergunta – A Saúde Pública e especialmente o Hospital Centenário são problemas crônicos de São Leopoldo, situação agravada pela pandemia do coronavírus, que evidenciou a falta de capacidade de atendimento do sistema público de saúde. Como o seu governo irá equalizar as despesas com o Hospital e transformá-lo em uma referência para o atendimento à população?

 

Ary Vanazzi – O Hospital Centenário atendeu a todos na pandemia. Construir quatro novos postos de saúde. O Centro do Idoso irá diminuir a fila de atendimento desta população. O município tem investido 33% da arrecadação na saúde. Reestruturação no atendimento nos bairros com ônibus, ambulância e vacinação.

Professor Nado: Programa de valorização do conjunto de profissionais que atuam na área da Saúde. Instituir esforço imediato para certificar o Hospital Centenário para o Curso de Medicina. Vender o Centro de Eventos para obter recursos para esta certificação. Instituir o cartão Vida São Leo para gerar prontuário eletrônico para toda a população.

Professor Célio – Promover a prevenção com campanhas e exames, para diminuir problemas crônicos. Aumentar a saúde básica da família e construir mais uma Unidade de Pronto Atendimento. Levar sistemas de exames e de educação para a prevenção nos bairros para diminuir a pressão no Hospital Centenário e as filas nos postos de Saúde.

 

Pergunta: A próxima gestão municipal passará por um momento muito relevante para a história da cidade, estado e país, que é a Comemoração do Bicentenário da Imigração Alemã no Brasil.

 

Quais os planos do seu governo para a manutenção do título de Cidade Berço da Imigração Alemã no Brasil? Atividades de integração econômica e intercâmbio com a Alemanha estão contempladas, de que forma?

 

Ary Vanazzi – Foi criado um Comitê do Bicentenário com 45 entidades para elaborar um plano estratégico envolvendo cultura e economia. Participação na Câmara Brasil Alemanha para acompanhar negociações econômicas. Há municípios na Alemanha que são coirmãs da São Leopoldo que poderão ajudar na divulgação da cidade como Berço da Imigração no Brasil.

 

Professor Nado – Restauração da Casa do Imigrante e resgatar a história de São Leopoldo com a Alemanha. Descentralização da São Leopoldo Fest para os bairros, nas ruas. Resgatar a autoestima a partir dela.

Professor Célio – Fortalecer o resgate histórico de São Leopoldo. Incentivar a pesquisa sobre a sua história desde o Ensino Básico. Fortalecer os museus e a Casa do Imigrante. Fortalecer a relação com a Alemanha em questões como o meio ambiente e os direitos humanos.

 

Pergunta: Equilíbrio do orçamento e quadros enxutos é uma realidade na gestão empresarial, que não deixa de lado a inovação e a otimização dos processos em busca de melhores resultados na satisfação de clientes, prazos de entrega e qualidade dos produtos e serviços. Como a sua gestão buscará a eficiência, não gastando mais do que ganha e apresentando um serviço público de qualidade, menos burocrático, modernizado e acessível? Como será medida a satisfação dos munícipes quando atendidos na prefeitura?

 

Ary Vanazzi – Melhorar a gestão na Prefeitura. Debater com as entidades para modernização dos processos. Centralizar em um espaço menor a liberar os processos de licenciamento, transformando as ações adotadas na pandemia em lei.

Professor Nado – Equilibrar o orçamento com receita própria via regularização fundiária para cobrança do IPTU.  Desburocratizar o alvará declaratório. Criar um escritório centralizado para todos os órgãos de fiscalização e controle.

Professor Célio – Melhorar a qualidade dos investimentos em Saúde e Educação com transparência e fiscalização da comunidade. Criar conselhos municipais de gestão. Analisar as contas do município para destravar investimentos e oferecer mais eficiência.

Desenvolvimento socioeconômico – O terceiro bloco do painel foi pautado pelas perguntas em torno do para o desenvolvimento socioeconômico.

 

Pergunta: A atração de empresas e a geração de vagas de alto valor agregado tem sido uma realidade no contexto do Parque Tecnológico Tecnosinos, mas apenas 30% das vagas de trabalho são ocupadas por Leopoldenses. Qual o seu projeto para a educação que irá fomentar a formação de recursos humanos para ocupar estas novas oportunidades do mercado de trabalho?

 

Professor Célio – Qualificar os trabalhadores de rendas mais baixas. Implantar curso bilingues e de formações mais complexas, como a Tecnologia. Investir na Educação Básica para fomentar pesquisas até o Ensino Médio.

Ary Vanazzi – Investir na Educação Básica e fortalecer a Motic, feira municipal de ciências. Convênios com Sesi, Tecnosinos e a Unisinos para formar estudantes do Ensino Médio para as áreas necessárias à Tecnologia.

Professor Nado: Ampliar a escolaridade da população. Inserir todas as crianças terão vagas na Educação Infantil. Redimensionar a Educação Infantil para todas as crianças terem vagas nas creches. Elevar o IDEB e qualificar o Ensino Fundamental

 

Pergunta: A morosidade dos processos de formalização de empresas é um dos entraves enfrentados por aqueles que desejam empreender em São Leopoldo. Por outro lado, o Comércio irregular se espalha por calçadas e sinaleiras sem qualquer impedimento. Quais medidas serão adotadas para agilizar o processo de formalização de empresas na cidade, devolvendo São Leopoldo para o Comércio formal? E especialmente com relação ao Comércio irregular, qual a sua proposta para combater esta prática cada vez mais evidente?

 

Professor Célio – Desenvolver estratégias para fortalecer o emprego e a renda. Fortalecer os micro empreendedores dos bairros por meio de cursos e capacitações e criar microcrédito. Fortalecer a economia solidária para formalizar iniciativas.

Ary Vanazzi – Informatizar o cadastramento do Alvará de Funcionamento que foi adotado na pandemia. Avançar no controle dos ambulantes. Manter diálogo com as entidades de classe.

Professor Nado – Dialogar com as entidades. Desburocratizar a formalização do comércio local por meio do Alvará Declaratório on-line. Criar escritório de fiscalização com caráter construtivo e não punitivo.

 

Pergunta 3: Posturas ideológicas e relacionamentos restritos ao grupo político são situações que dificultam o diálogo da sociedade civil organizada com secretarias e órgãos de governo. Como o senhor fará para que sua equipe esteja aberta ao diálogo, disposta a ouvir e a construir de forma colaborativa soluções que resolvam de forma plural os problemas da cidade?

 

Professor Célio – Trazer a população mais para perto da política, ouvindo-as por meio dos conselhos municipais.

Ary Vanazzi – Manter o diálogo com as entidades. Manutenção dos diversos conselhos municipais.

Professor Nado – Potencializar as associações de bairro para participar das decisões municipais.

 

Pergunta: O cargo de Secretário Municipal de Desenvolvimento tem um papel estratégico na Administração Municipal, uma vez que cabe a ele a formulação de políticas que garantam o incentivo ao empreendedorismo, à inovação, atração de investimentos, entre outros. Qual será o critério para escolha do Secretário Municipal de Desenvolvimento, e quais serão as metas desta Secretaria?

 

Professor Célio – Ele precisará ter conhecimento técnico e político, que saiba dialogar e integrar as demandas socioeconômicas e dos trabalhadores.

Ary Vanazzi – A atuação do secretário deverá ser articulada com as demais secretarias e ter integração com a universidade, associações e empresários.

Professor Nado – Ele deverá escutar as entidades e aliar técnica e política.

 

Pergunta: São Leopoldo tem sido cada vez mais conhecida pelo destaque do setor de Tecnologia e especialmente pelo Parque Tecnológico aqui instalado. Qual será a ação do seu governo para que a modernidade chegue também nos processos da Prefeitura? Quais as metas da sua gestão relacionadas à melhoria de processos?

 

Professor Célio – Ampliar a transparência quanto às diversas escolhas e que a população entenda estes processos com o apoio de entidades que dominem este conhecimento.

Ary Vanazzi – Debater com o Tecnosinos como a cidade pode ser um case tecnológico. Integração de áreas como a Rodoviária e Rua Grande para gerar novos negócios.

Professor Nado – Investir em Educação Digital e potencializar a relação com o Tecnosinos. Adotar a Tecnologia Social oferecendo serviços on-line à população. Duplicar o Parque Tecnológico.

 

Considerações – Ao final do painel, todos agradeceram a iniciativa da ACIST-SL em reunir os candidatos e ouvir as suas propostas em um só momento as suas propostas.

 

O Momento do Empreendedor tem o patrocínio das empresas Sicredi Pioneira, Br Suply, Certivale, Intercity, SKA, Vila Rica, Frontec e Unimed.

Top